Mar 172008
 
Quando vim para o Brasil, eu tinha apenas 4 anos.

Deixei para trás um país rico em beleza e recursos naturais, que foi assolado pela guerra civil de 1961 a 2002.

Estou falando de Angola, que assim como o Brasil, também foi colônia de Portugal e conseguiu sua independência em 1975.

bandeiraangola.png

Angola fica no lado ocidental da África, banhado pelo Oceano Atlântico, e se situa entre a Namíbia e o Congo, também fazendo fronteira com a Zâmbia. Sua capital é Luanda e a língua oficial é o nosso bom e velho português.

Quando se fala em Angola, aqui no Brasil, a primeira imagem que nos vem à cabeça é de um país regido pela miséria e fome. Sem dúvida isso existe. Angola, assim como a maioria dos paíseis africanos, foi mais uma das vítimas da ganância política.

Mas a história é assim e muitos países desenvolvidos também passaram por violentas crises. Tomemos como exemplo os Estados Unidos, que passaram por uma sangrenta guerra civil antes de iniciar uma tragetória rumo ao desenvolvimento.

Hoje, Angola mudou. Com o fim da guerra, é um país em reconstrução.

Luanda

(Não, não é uma imagem do Rio de Janeiro. É de Luanda...)

Sendo um país rico em recursos minerais, Angola vem se destancando como um grande produtor de petróleo e despertando interesse de grandes multinacionais. Além disso, mantém sua tradicional economia baseada na exploração das minas de diamantes.

Petróleo

Para quem não tem medo de desafios e busca oportunidades de trabalho, Angola se mostra como uma grande opção. O país oferece boas oportunidades nas áreas de construção civil, tecnologia, agricultura, saúde, entre outras. E um detalhe importante: ganhando em dólar!!!

Atualmente, diversas empresas, como por exemplo a Odebrecht, estão instaladas em Angola e buscam mão de obra.

E não é difícil ir pra lá!

O  governo angolano está incentivando a imigração e as Linhas Aéreas de Angola garantem vôos diretos Rio-Luanda, três vezes por semana.

Você pode obter mais informações sobre vistos e outros documentos no Consulado Geral de Angola.

Miss

(beleza natural da região)

Depois de tanto tempo no Brasil, ainda não voltei para visitar o meu país de origem, e muito menos a minha cidade natal, Sá da Bandeira (atual Lubango). Confesso que ainda fico meio receoso quanto às condições de segurança e infra-estrutura oferecidas no país. Mas quem sabe um dia!!!

Este post faz parte da Blogagem Inédita sugerida pelo Edney.

Atualização:

Veja fotos espetaculares da Miss Angola.

Ofertas:

Posts relacionados:

  111 Responses to “Angola, oportunidades num país em reconstrução”

  1. Senhoras e senhores.
    A todos
    que amam Angola e deseja trabalhar ou prestar servicos em Angola,faca o favor de contactar a empresa PAMA-Servicos explicando o seu profil. Mail: pama.offshore@yahoo.com.

    Obrigado

    • Ola!

      Tenho uma empresa de paisagismo e agronomia, prestamos serviços em manutenção e implantação de projetos e gostaria de levar os nossos serviços par Angola o que devo fazer ?

      Aguardo o retorno.

      Márcia Barros

 Leave a Reply

(required)

(required)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>