Oct 032006
 

Enquanto ainda muito se fala sobre o acidente ocorrido entre o Boing 737-800 da GOL (vôo 1907) e o Legacy da empresa americana Excel Aire, gostaria de auxiliar os leitores e esclarecer o funcionamento das “famosas” caixas-pretas dos aviões. É através delas que os especialistas esperam entender como ocorreu a colisão e a queda do Boing que matou 155 pessoas.

Os primeiros gravadores de dados dos vôos foram utilizados na década de 50 e ficaram conhecidos como “caixas-pretas”. Tomei a liberdade de reproduzir um texto do blog Encontros Imediatos, que explica de forma simples e objetiva o funcionamento de uma caixa-preta de um avião. Segue o texto, na í­ntegra:

“COMO FUNCIONA?
A CAIXA PRETA DOS AVIÕES

Primeiramente, vamos desfazer um mito: a considerada “caixa preta” dos aviões não é preta coisa nenhuma: é vermelha ou cor de laranja bem forte, para que seja encontrada com facilidade em meio a destroços. Normalmente é um cilindro e não uma caixa. E mais ainda: quase sempre são dois os “registradores dos dados de vôo” (este é o nome técnico da caixa preta). São duas caixas pretas, porque quando um avião é destruí­do, estatisticamente é mais fácil encontrar pelo menos uma delas. Também porque são dois os tipos de dados a serem registrados. Um aparelho, o CVR (voice recorder) é gravador de voz), grava toda a comunicação entre os pilotos na cabine e os vários pontos de controle em terra. O outro, o FDR (flight data recorder) é gravador de dados do vôo, armazena em sua memória todos os parâmetros de vôo dos instrumentos e dos sistemas de controle do aparelho.
O CVR é do tamanho de uma caixa de sapatos e o FDR um pouco maior do que um capacete de moto (mas suas dimensões variam conforme o tipo de avião).
Nos aviões mais modernos, como o Airbus 321, o piloto não tem mais o controle direto do avião; cada comando passa por uma série de computadores que fazem uma análise, baseada na posição do avião, que é registrada por uma grande rede de sensores. Cada movimento é interpretado conforme a situação de vôo e os comandos executados são julgados e corrigidos pelos mais de 50 microprocessadores a bordo. A caixa preta tem o dever de gravar todos estes dados e é muito similar a um disco rí­gido de um computador pessoal. Possui memória livre para até 25 horas e é feita de um material bastante forte que resiste às explosões, incêndios, àgua, ácidos e – é claro – quedas violentas.
Uma vez encontrada, a caixa preta é inserida em um simulador de vôo, de modo que serão revividos todos os momentos e a dramaticidade do acidente.
Normalmente se acredita que o exame da caixa preta após um acidente mostra imediatamente as suas causas. Mas nem sempre isso acontece, pois tudo o que está gravado ainda precisa ser interpretado.
Porém, é um aparelho de vital importância para os aviões.

Fonte do texto

Abaixo, temos o diagrama que representa uma caixa-preta e os seus módulos internos:

Para garantir que esses dispositivos resistam a um acidente aéreo, eles passam por rigorosos testes aonde são submetidos a condições extremas, que simulam aquelas encontradas em uma catástrofe aérea.

As caixas-pretas são colocadas na cauda do avião, porque normalmente é a última seção a sofrer a carga do impacto em uma queda. Os instrumentos do avião transmitem suas leituras para uma unidade de aquisição, que por sua vez, envia os sinais para o gravador de dados.

Todos nós esperamos que os dados adquiridos, mais os depoimentos dos sobreviventes que estavam no Legacy, sirvam para fazer de tragédias como esta que ocorreu com os passageiros da GOL, fonte de informação para corrigir falhas e prevenir acidentes futuros.

Posts relacionados:

  5 Responses to “Como funciona a caixa-preta de um avião”

  1. Excelente, as explicações sobre a caixa preta, no entanto, gostaria de saber qual o material utilizado para sua fabricação.,

    Grata,

    Jozelia

  2. Achei ótima a matéria, estou usando-a como fonte para minha pesquisa.
    Parabéns ao redator.
  3. Parabéns, bastante esclarecedor!!!
  4. Respondendo a pergunta da Jozelia….segundo o que vi,o material é aço reforçado e isolantes contra alta temperatura.

    Té mais :D

  5. gostei muito retirei todas as minhas duvidas :)

 Leave a Reply

(required)

(required)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>